Diferenças entre chá, infusão e decocção

Diferenças entre chá, infusão e decocção

Em geral, as bebidas feitas a base de ervas em água fervente são chamadas de chás, mas na verdade existe diferença entre elas: os chás são as bebidas feitas apenas a partir da planta Camellia sinensis,

Assim, todas bebidas feitas a partir de outras plantas, como camomila, cidreira, dente-de-leão e hortelã são chamadas de infusões, e todas as preparadas com o caule e as raízes são chamadas de decocção. Confira as diferenças entre o modo de preparo, de cada uma destas opções.

Entenda as diferença e com se prepara

Chá

Os chás são sempre preparados com a Camellia sinensis que dá origem aos chás verde, preto, amarelo, azul ou oolong, chá branco e o chamado dark tea, também conhecido como chá vermelho ou pu-erh.

  • Como fazer: Basta adicionar as folhas de chá verde no infusor e colocar na xícara com água fervente e deixar repousar por 3, 5 ou 10 minutos. Depois deve tampar o recipiente e deixar amornar, coar e tomar ainda morno.

Infusão

A infusão é o preparo do chá em que as ervas ficam na xícara e a água fervente é jogada sobre as ervas, deixando a mistura descansar por 5 a 15 minutos, de preferência tampada para abafar o vapor. As ervas também podem ser jogadas na panela com água quente, mas já com o fogo desligado. Esta técnica preserva o óleo essencial das plantas e normalmente é aplicada para preparar chás a partir de folhas, flores e frutos moídos. A infusão é usada para fazer bebidas a partir de folhas, flores e frutos, e pode ser armazenada na geladeira e consumida em até 24h.

  • Como fazer: Colocar a água para ferver e, logo que as primeiras bolhas estiverem sendo formadas, desligar o fogo. Despejar a água fervente sobre as plantas secas ou frescas, na proporção de 1 colher de sopa de planta seca ou 2 colheres de sopa da planta fresca para cada xícara de chá de água. Abafar e deixar em descansar por 5 a 15 minutos. Coar e beber. A diluição e o tempo de preparo podem mudar de acordo com o fabricante.

Decocção

Na decocção é feita quando as partes da planta são fervidas juntamente com a água, durante 10 a 15 minutos. Ela é indicada para preparar bebidas a partir de caules, raízes ou cascas das plantas, como é o caso da canela e do gengibre.

  • Como fazer: Basta adicionar 2 xícaras de água, 1 pau de canela e 1 cm de gengibre numa panela e deixar ferver por alguns minutos, até a água ficar mais escura e aromática. Desligar o fogo, tampar a panela e deixar amornar. 

Os chamados blends são misturas de chás com frutas, especiarias ou flores, usadas para dar mais sabor e aroma para a bebida. Essas misturas são ótimas opções para quem não está habituado ao sabor dos chás puros, além de trazer ainda mais nutrientes e antioxidantes pelo acréscimo das frutas e especiarias.

A folhas da planta Camellia sinensis dá origem aos chás verde, preto, amarelo, oolong, chá branco e pu-erh. A diferença entre eles está na forma em que as folhas são processadas e na época em que são colhidas.

O chá branco não contém cafeína e é o menos processado e oxidado de todos, possuindo mais polifenóis e catequinas, substâncias antioxidantes. Já o chá preto é o mais oxidado, tendo um maior teor de cafeína e menor quantidade de nutrientes. 

Pronto! Agora você já sabe preparar de forma correta.  Espero que crie muitas lembranças fazendo deliciosas xícaras de chá quentinhas no frio como como geladinhas no calor.

Deixe uma resposta